Floripa Jam no Catarse

25/01/2012

Embarquei (eu, Felipe Obrer, autor deste blog) numa empreitada gregária: o financiamento colaborativo do projeto Floripa Jam no Catarse. Fiz uma revisão criativa do texto que estava lá, o Marinho Freire Costa, que é o proponente, topou a idéia, e agora o que está no ar é renovado e tem um quê a mais de poesia. Quem tiver curiosidade, pode conferir neste link. E, se brotar alguma lágrima e motivar colaborações, missão cumprida. A partir de R$ 10 já vale! Há brindes em contrapartida e os apoios têm faixas que vão dos 10 aos 5.000 reais. O apoio pode vir tanto de pessoas físicas, diretamente interessadas em fazer acontecer o projeto, quanto de empresas, para as quais as contrapartidas em forma de visibilidade de marca e mídia espontânea podem ser muito compensadoras.

Floripa Jam é uma proposta de realização de jam sessions em espaços públicos da cidade de Florianópolis, com entrada livre e gratuita para o público em geral. A curadoria é do músico e compositor Leandro fortes, e o proponente do projeto, como dito acima, é Marinho Freire Costa. O mérito de iniciar o processo cabe integralmente a eles. Eu entrei com o barco já navegando, e somo minhas remadas ao coletivo.

Para quem não sabe o que é o Catarse, aí vai uma explicação simples: é uma plataforma de financiamento colaborativo, também chamado em inglês de crowdfunding, que permite a captação direta de recursos para a realização de projetos culturais criativos. É muito simples apoiar um projeto, basta acessar o link e seguir alguns passos fáceis, coisa de 5 minutos, se tanto. Pode ser via boleto bancário, operação bancária online ou cartão de crédito. Tudo seguro e confiável, como demonstram os vários projetos que já tiveram êxito.

Para quem ainda tiver dúvidas, é possível acessar este outro link, com um passo-a-passo sobre como contribuir. Vale lembrar que tão importante quanto a contribuição monetária é a disseminação da campanha, então dedos à obra e a palavra é compartilhar.

Anúncios

Hoje às 21h Jam Session, aberta a quem faz música, no Encontro de Contato Improvisação

12/12/2009

foto: Panmella Ribeiro (Divulgação)

Na programação do Encontro Internacional de Contato Improvisação na Natureza consta que hoje, sábado, às 21h, acontece uma Jam com participação de músicos (ou fazedores de som).

Vai ser interessante. É um dos contextos mais estimulantes para tocar algum instrumento: as pessoas em volta dançam e interagem com os sons emanados.

O evento acontece no Parque do Camping do Rio Vermelho. É um pouquinho fora de mão dependendo da parte da Ilha na qual se mora, e ainda assim vale ir para experimentar uma situação incomum.

Fica a proposta: vamos?


Festa no Quintal da CASA da MÚSICA

01/09/2009
para ampliar, clique na imagem

para ampliar, clique na imagem

O QUÊ: Festa no Quintal da CASA da MÚSICA, com apresentações do duo A CORDA EM SI, JAM SESSION e ao final, som na pista com Max e Tiaraju.

QUANDO:
Neste domingo, dia 6 de setembro, das 15h até as energias se dispersarem.

ONDE: Servidão Amaro Laureano, 92, no bairro Saco Grande (atrás do Floripa Shopping, algumas quadras adiante)

QUANTO:
R$ 5 ingresso antecipado, R$ 8 na hora. Cerveja a R$ 2 até as 19h, R$ 3 depois das 19h. Ideal para abstêmios: água grátis.

Recebi do Dimitri Camorlinga, transcrevo abaixo:

Continue lendo »


%d blogueiros gostam disto: