Exposição SEMI ÓTICA – miopia e astigmatismo [de Felipe Obrer]

20/07/2011

SEMI ÓTICA

Miopia e Astigmatismo [de Felipe Obrer]

De 26 de julho a 12 de agosto de 2011

Ver. Visão. Saúde. Um olho é. Dois olhos são. Sãos.

Irregularidades do globo ocular. Nervo ótico. Nervosismo estético.

A volta a um consultório oftalmológico.

A lógica homogeneizadora do olhar humano.

Nitidez reencontrável pelo olho da câmera.

Uma década sem lentes.

Exposição longa e giro da câmera em estágios.

Desacolpamento da cápsula de navegação. Flutuar no vácuo pleno.

Cópula de fótons. Cúpula de bíons.

A transitoriedade da luz.

O encontro com o infinito dentro do finito.

A revelação da realidade fractal.

Corpo da câmera no plexo solar do corpo do fotógrafo.

Fotos de barriga.

Estômago mago. Entropia visual.

Dizem que arte não se explica, mas como gosto das palavras além das imagens, prefiro decodificar um pouco o conceito da exposição, já que a corruptela do título implica algum jogo de significados.

Enquanto ainda diletava na fotografia, experimentei fotografar chamas de três velas no escuro, luzes noturnas da cidade e outras fontes fotônicas. Era algo bastante sem critério, movimentos aleatórios, bagunça pura.

Um dia, lá se vão mais de dois anos, numa festa em que provavelmente o único abstêmio era eu, sentado num extremo do recinto, experimentei colocar a câmera sobre meu peito, para ter estabilidade com o ISO baixo, mas não adiantou muito. A imagem saiu borrada. O que me despertou a curiosidade foi o tempo: o obturador se abriu e, estranhando, comecei a contar… 9, 10, 11, 12… 56 segundos até fechar! Por intuição ou sorte, já não sei, inventei de girar a câmera num ritmo próximo ao da minha respiração lenta. Em estágios, sobre o próprio eixo. Era a descoberta da luz longa.

Desde então passei a experimentar essa pesquisa autônoma, sem referências teóricas. Chamei os resultados de fotos de barriga ou miopia e astigmatismo, problemas oculares que tenho diagnosticados. O tipo de imagem resultante tem me servido também para registrar de maneira não realista, mas sim energética talvez, espetáculos musicais, em que a dinâmica da música se revela mais nas fotografias de barriga do que se fossem meramente ilustrativas.

Não uso óculos há pelo menos dez anos. Inventei todo um discurso para justificar a ausência de correção oftalmológica. Devo ter passado por indiferente a muitas pessoas que, se me cruzaram a mais de três metros de distância, mesmo sendo conhecidas, não reconheci. Também vai se aprofundando uma ruga de expressão no entrecenho, que deriva daquela tentativa constante de ler a placa do ônibus que vem, o quadro nas poucas salas de aula que frequentei ou os outdoors com a publicidade do mundo.

Voltei a um consultório e a dona Célia, nordestina que mora na Ilha há anos, muito competente no que faz, me abriu os olhos. Sem fazer uso, para tanto, daquele colírio horroroso que facilita a medida da pressão intraocular e deixa o paciente suscetível a uma experiência traumática pós-consulta, quase cegado pela quantidade de luz que invade os olhos. De todo modo, constatou o que eu já sabia: tenho bons graus de astigmatismo e miopia, e um eixo bastante divertido. Talvez esta exposição marque o ponto de inflexão, a volta aos óculos, cuja armação já escolhi numa ótica chamada Focco. Assim, com dois cês.

Informações:

Local: Aliança Francesa Florianópolis

Endereço: Rua Visconde de Ouro Preto, 282.

Centro – Florianópolis – SC

affloripa@affloripa.com.br

Veja mapa

www.affloripa.com.br

ABERTURA: terça-feira, 26 de julho, às 19h30.

Às 20h, show de bossa nova e jazz com Joana Knobbe e Gustavo Messina.

Apoio (equipamento de som): Escola de Música Rafael Bastos

ENCERRAMENTO: sexta-feira, 12 de agosto

Horário: de segunda a sexta, das 8h às 20h; sábados, das 8h às 11h.

Entrada gratuita.

Realização (convite e acolhida): Aliança Francesa Florianópolis

Apoio (impressão das fotografias): Laboratório fotográfico Color Click

Agradecimento especial à minha amora e companheira de vida, Joana Knobbe, que, além de produzir o cartaz original da exposição, cantará na abertura.

aperitivos:

Este slideshow necessita de JavaScript.


Múltipla Dança 2010

24/05/2010

Continue lendo »


Companhia francesa faz um só espetáculo de coreografia acrobática em SC

09/09/2009
para ampliar, clique na imagem

para ampliar, clique na imagem

O QUÊ: Appris par corps.

QUANDO: Quinta-feira, dia 10, às 20 horas.

ONDE: Teatro Governador Pedro Ivo Campos. Centro Administrativo do Governo do Estado. Rodovia SC-401, quilômetro 5, Saco Grande, Florianópolis, fone: (48) 3953-2300.

QUANTO: Ingressos a R$ 30 e R$ 15 (meia), à venda na bilheteria do Pedro Ivo e do Centro Integrado de Cultura (Avenida Irineu Bornhausen, 5.600, Agronômica, Florianópolis), a partir das 13 horas.

Pela primeira vez no Brasil, a companhia francesa Un loup pour l’homme se apresenta em Santa Catarina somente na quinta-feira, dia 10, às 20 horas, no Teatro Governador Pedro Ivo, em Florianópolis. O espetáculo em cartaz é Appris par corps, uma coreografia acrobática com Alexandre Fray e Frédéric Arsenault.

Appris par corps exibe o confronto de dois corpos masculinos, que oscilam de forma ambígua entre a suavidade e a violência, a vontade de se fundir no outro e a tentação de escapar da imposição do vínculo.

Continue lendo »


Exposição no Espaço Cultural do BRDE exibe imagens de fotógrafos franceses

06/08/2009

Jacques Grison com a série Não iremos mais à mina – os últimos mineiros de carvão:

para ampliar, clique na imagem

para ampliar, clique na imagem

para ampliar, clique na imagem

para ampliar, clique na imagem

De Marie-Paule Nègre, a série Juventude Dourada:

para ampliar, clique na imagem

para ampliar, clique na imagem

para ampliar, clique na imagem

para ampliar, clique na imagem

Pela amostra se pode ver, como dizem por aí, que os caras não são fracos. Quem deixar de ir não vai poder depois reclamar de falta do que fazer em Florianópolis.

O QUÊ: Exposição Visa pour L’Image

ONDE: Espaço Cultural Governador Celso Ramos – BRDE. Av. Hercílio Luz, 617, Centro – Florianópolis. Para facilitar, link para mapa com a localização do BRDE.

QUANDO: A abertura acontece no dia 10 de agosto, às 19h. Visitação: 11 a 28 de agosto, das 9h às 21h, de segunda a sexta-feira.

Evento gratuito e aberto ao público

Assim como as fotografias acima, o release sobre a exposição que publico abaixo foi enviado pela assessoria de imprensa do Espaço Cultural do BRDE, a pedido.

O evento é realizado pela Aliança Francesa em parceria com o Espaço Cultural do BRDE. Acontece dentro das comemorações do Ano da França no Brasil.

Logomarca França.br - Ano da França no Brasil

Continue lendo »


Programação do Múltipla Dança 2009 em Floripa

27/05/2009

Múltipla Dança - (Divulgação)

Eis a tabela:

Clique na imagem para acessar o arquivo original

Clique na imagem para acessar o arquivo original

Para quem prefere as informações disponíveis imediatamente, basta descer:

Continue lendo »


%d blogueiros gostam disto: